Desenvolvimento de Liderança

Desenvolvendo Competências para a Criação de Valor nas Organizações

Visão do Programa

Os executivos atuais são pressionados para buscar formas de criar valor em suas organizações e apresentar resultados efetivos para as estratégias formuladas. Tais necessidades são atendidas através de projetos e programas para produzir benefícios e, ao mesmo tempo, otimizar os sempre escassos recursos organizacionais.

A atual abordagem das organizações exige um novo tipo de executivo com um conjunto de competências que permitem a reorientação da organização frente às necessidades do negócio, a pronta implementação das mudanças necessárias ao mesmo tempo em que as partes envolvidas são alinhadas e comprometidas com o direcionamento a ser implementado.

O programa está centrado no desenvolvimento das competências necessárias para atender às exigências da organização moderna: melhor, mais rápido e a menor custo. Sendo possível  pela integração dos conceitos de alinhamento organizacional, através de programas e projetos, juntamente com o trabalho na dimensão humana com foco no profissional, na equipe e na organização.

PÚBLICO:  Presidente/ Diretores/Gerentes/Coordenadores.

FOCO: Desenvolvimento da Liderança.

Objetivo

O Objetivo é promover a Integração e o Desenvolvimento dos Gestores, onde será desenhado as competências necessárias relacionadas à criação de valor e transformação organizacional estimulando os participantes por meio de estudos de casos, aprendizado experiencial, simulações e apresentações que produzirão impacto organizacional desde a formulação de estratégias até a sua implementação, fundamentadas em uma liderança transformadora e equipes de alta performance.

Objetivos Específicos

  • Identificar os diferentes estilos de liderança, bem como os contextos adequados para a utilização de cada um;
  • Estimular a criação de um ambiente de trabalho motivador, no qual predomine o respeito às diferenças;
  • Possibilitar que os participantes identifiquem as forças e fraquezas de suas equipes de trabalho, a fim de criarem um ambiente estimulante e propício ao crescimento pessoal e profissional;
  • Foco na Comunicação Assertiva;
  • Apresentar ferramentas para o exercício do feedback eficaz;
  • Desenvolver técnicas de Negociação e Administração de Conflitos.

Conteúdo

Trabalhar, MISSÃO, VALORES, VISÃO, PRINCIPIOS, VALORES PESSOAIS e Planejamento Estratégico.

Trabalhar a capacidade de pensar estrategicamente e sistemicamente; capacidade de lidar com desafios, assegurando soluções criativas; capacidade de liderar em ambientes de incerteza; capacidade de motivar e integrar grandes grupos; capacidade de fazer acontecer; entre outras competências.

Tópicos a ser tratado:

  • Modelo mental dos Gestores
  • Diálogo entre eles
  • Compartilhamento de agenda
  • Analisar e entender as discordâncias
  • Definir alocação de papeis
  • Analisar, entender e estar preparado para mudanças
  • Elevar conhecimento mútuo
  • Desenvolver capacidade para empatia
  • Considerar perspectiva do outro

Através dos tópicos devemos criar um contexto favorável para LIDERANÇA e exercício das funções de gestão tanto vertical quanto horizontal, assim como definir uma identidade para o grupo.

Descrição das Etapas de Execução

O Programa será desenvolvido em 4 fases:

FASE I - Diagnostico e Formatação

Para adequar o desenho do Programa, a formatação e o conteúdo a ser trabalhado, será realizado, entrevistas com todos os participantes, levantamentos e entendimento das questões principais que sustentam o cenário atual bem como das perspectivas facilitadoras de mudanças. Com informações do diagnóstico será definido o conteúdo do PDL – Programa de Desenvolvimento de Liderança a fim de, em conjunto com os organizadores, ter assegurados os reais interesses do programa. A metodologia utilizada será participativa, com material de apoio para os participantes.

FASE II  - O Whorkshop – Top Director Forum

Apresenta uma estrutura que permite um privilegiado fórum de reflexões e debates, no qual os participantes têm oportunidade de rever e questionar suas realidades, posturas e paradigmas. Uma metodologia pedagógica colaborativa e orientada a problemas que propiciem a construção coletiva do conhecimento e a articulação teoria-prática.

O programa TOP DIRECTOR FORUM será conduzido utilizando a ferramenta de autoconhecimento e Relacionamento como o SDI - Strengths Deployment Inventory®/ Inventário de Utilização de Forças, uma metodologia participativa e Forum de debates.

FASE III  - Programa com os Gerentes

Treinamento para alinhamento das competências diagnosticadas

FASE IV – Programa com os Coordenadores

Treinamento para alinhamento das competências diagnosticadas

Ferramentas a serem utilizadas

  • AUTOCONHECIMENTO

Durante o programa poderá ser utilizada ferramenta de autoconhecimento e Relacionamento como o SDI - Strengths Deployment Inventory®/ Inventário de Utilização de Forças

A Teoria da Consciência dos Relacionamentos (modelo teórico base do SDI) foi desenvolvida pelo Dr. Elias Porter, psicólogo, terapeuta clínico, educador e fundador da Personal Strengths Publishing (detendora dos direitos autorais do SDI).

É uma ferramenta que mostra conceitos relevantes de uma forma altamente visual, simples de entender e fácil de lembrar

  • O SDI respeita nossas diferenças - é um inventário da forma pela qual valorizamos nossas fortalezas e interpretamos as ações dos demais.
  • O SDI esclarece a razão de nossas ações  - é uma foto de quem somos – para além do comportamento, revela nossas motivações.
  • O SDI é voltado à aplicação prática - promove entendimento interpessoal profundo que é crucial para melhorar qualquer situação de interação. O SDI é uma forma efetiva para desenvolver relacionamentos e habilidades de manejar conflitos.

Retrato Forças Pessoais - é um comportamento ou traço que destaca o valor próprio de alguém e de outras pessoas.

  • Nós usamos forças pessoais de cada cor para construir nossa autoestima.
  • O retrato é um olhar sobre os traços comportamentais que empregamos e as prioridades que damos a eles.
  • Uma fotografia de como vemos a nós mesmos.

Estilo de Relação Valorizado: Um estilo de relacionamento onde a pessoa se sente livre para escolher comportamentos que destacam seu valor pessoal.

Estilo de Relação Emprestado: é um estilo de relacionamento usado na busca de um objetivo onde o comportamento por si só não realça os sentimentos de valor próprio.

Estilo de Relação com Máscara: é um estilo de relação usado para atravessar uma situação que nada oferece para confirmar o valor pessoal.

  • ATIVIDADES EXPERIENCIAIS

Objetiva uma reflexão acerca do contexto de trabalho e de suas interfaces, para promover uma ação de desenvolvimento profissional nas questões de liderança. Tal reflexão impacta os níveis de qualidade do trabalho, mediante a necessidade de ação, de colocar em prática as abordagens situacionais discutidas.

Os participantes são levados a trabalhar em equipe, tendo como maiores objetivos a integração e motivação do grupo, a tomada de decisões rápidas, como no dia a dia empresarial. A programação abrangerá conceitos e práticas relacionados à: Resiliência, Valores da empresa, Comunicação, Redes de Relacionamento, Trabalho em Equipe, Inovação e Criatividade, Modelos de Percepção, Responsabilidade construtiva.

Espera-se com as atividades a conquista de:

  • Os participantes procedam a análise de seu próprio estilo de relacionamento como profissionais e membros de um grupo empresarial;
  • Mobilizá-los para que se percebam como agentes de resultados, através de ações coerentes com as metas da empresa.
  • Energizar a equipe com foco na rapidez e assertividade nas ações;
  • Experienciem e treinem formas alternativas de atuação em situações que considerem críticas no seu dia a dia.

BENEFÍCIOS ESPERADOS

  • Equilíbrio entre as competências técnicas e comportamentais, tornando mais eficaz o gerenciamento da empresa, habilitando os gerentes na gestão de todos os recursos necessários para o desempenho das suas funções.
  • Instalação de melhor clima organizacional, através da construção do espírito de “teamwork” e do desenvolvimento de líderes, visando a energização das pessoas, a criação de confiança, a busca de soluções e compromisso com o negócio da empresa.

METODOLOGIA

O método educativo estará centrado nos participantes, através de uma abordagem construtivista, de modo a estimular a experiência anterior dos participantes e promover a interação dos mesmos. Visando maximizar o aproveitamento dos participantes no processo de ensino-aprendizagem, a parte expositiva será apoiada por recursos audiovisuais e a parte prática vivenciada através de dinâmicas e jogos.

A essência da metodologia empregada é a participação intensa do grupo. O trabalho é realizado através de seções interativas e diretivas de fundamentação de conceitos, reflexões individuais, trabalhos de grupo, exercícios. O programa será realizado em 2 etapas:

  1. Diagnóstico e Formatação:

Reunião de alinhamento realizada com o consultor da Prof. Randes® e os responsáveis pelo projeto, que tem como objetivo de adequar os focos e conteúdo das atividades experienciais ao perfil do público alvo e das suas necessidades. Com as informações serão definidas as atividades a serem realizadas, a fim de, em conjunto com os organizadores ter, assegurados os reais interesses do programa.

  1. Realização do Treinamento

Utilizando uma metodologia participativa, oferece aos participantes oportunidades de construção de reflexões e aprendizados adequados às suas próprias rotinas.

“Low Ropes” (superando obstáculos em equipe): é um conjunto de atividades ao ar livre, realizadas no solo, voltado para a internalização dos conteúdos programáticos e do tema do seminário.  É conduzido através de desafios que maximizam o aprendizado e o comprometimento dos participantes com as metas estabelecidas para o seminário.

O aprendizado se consolida através de sessões de debriefing em que os facilitadores da equipe Prof. Randes®  ajudam os participantes a identificar e construir analogias entre as experiências ao ar livre e as situações reais vividas dentro das organizações. Esse é o momento em que se fixa a aprendizagem experiencial.

COMPETÊNCIAS A SEREM TRABALHADAS

  • Disciplina Estratégica
  • Liderança Inspiradora
  • Foco no Cliente
  • Inovação
  • Foco em resultado
  • Trabalho em Equipe
  • Construção de Relacionamento
  • Desenvolvimento de Pessoas

 

COACHING

Para Continuidade junto a alta direção – Presidente e diretores pode ser utilizado o Modelo PBC – Project Based Coaching, propõe um trabalho holístico com o coachee, e tem como objetivos:

  • Identificar e clarificar as metas do coachee, entender as forças restritivas que ainda não o permitiram atingir suas metas; Sugerir novos comportamentos que auxiliem o coachee a revisitar seu modelo de mundo adequando-o à suas necessidades atuais,
  • Entender e trabalhar suas eventuais crenças limitadoras; Criar passos bem definidos e exequíveis que permitam ao cliente atingir seus objetivos.
  • O trabalho é baseado nas práticas de Gerenciamento de Projetos. Há uma correlação lógica entre coaching e Gerenciamento de Projetos, já que projetos também são únicos e têm início, meio e fim. A metodologia garante o bom planejamento do trabalho e o atingimento dos objetivos do coachee.

Modelo PBC – Project Based Coaching

                                                                                                           


Orçamento

Mais Consultoria